segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

SUPER BOWL XLVIII
Seahawks atropelam e conquistam seu 1º Super Bowl.

E o Super Bowl 48, realizado neste domingo 02/02/2014 no MetLife Stadium em Nova York, não foi o mais frio da história como estava previsto. A neve tão esperada pela NFL só chegou nesta segunda. E o jogo, como também era esperado, não foi um dos mais quentes e disputados da história. Mas a espectativa por um jogo disputado fazia bastante sentido, pois afinal se enfrentavam o time de melhor ataque da liga, o Denver Broncos, contra o time com a melhor defesa, o Seattle Seahawks.
O Placar final de 43 X 8 em favor do Seahawks reflete o que foi o jogo com supremacia total do time de Seattle que conquistou o 1º Super Bowl de sua história. Já o Denver Broncos, apesar de já ter duas conquistas, tornou-se a franquia com o maior número de derrotas no Super Bowl, com retrospecto de 2 Vitórias e 5 derrotas. A cidade de Seattle está em festa. Afinal desde 1979, não sabia o que era um título das Ligas Profissionais. O título foi do Supersonics na NBA e a franquia até já mudou de cidade e de nome (hoje é o Oklahoma City Thunder).
O JOGO


O Seahawks já começou ganhando no cara e coroa e os capitães escolheram chutar a bola para os Broncos e assim receber a bola no segundo tempo. Os Broncos receberam a bola na linha de 13 jardas e logo no primeiro snap já erraram e o Seattle conseguiu um Safety marcando 2 pontos. Depois a defesa dos Broncos até foram bem, impedindo a conversão de Touch Downs em duas posses de bola, mas mesmo assim os Seahawks acertaram dois Field Goals e o placar foi para 8 a 0.
O ataque de Denver não conseguia avançar e no final do 1º quarto Peyton Manning foi interceptado e logo depois Marshal Lynch converteu o Touch Down levando o placar a 15 a 0. No início do 2º quarto o ataque dos Broncos até conseguiu 4 avanços seguidos, mas na 5ª tentativa cometeu uma falta e logo depois Manning lançou mais uma interceptação que foi retornada para TD por Malcolm Smith que foi eleito o MVP da partida.
A defesa do Seahawks continuava jogando muito bem e engolia o ataque dos Broncos. O primeiro tempo terminou com a segunda maior vantagem da história do Super Bowl em um intervalo. A maior era o 35 a 10 dos Redskins contra o próprio Denver no Super Bowl de 86 que terminou 42 a 10. O Show do intervalo contou com Bruno Mars e os Red Hot Chilly Pepers. E o segundo tempo não poderia começar pior para o Denver. Logo no chute de retorno, Percy Harvin recebeu a bola e correu o campo todo para anotar mais um TD. 29 a 0. Quando o ataque dos Broncos conseguia acertar os passes, a defesa de Seattle logo chegava impedindo grandes avanços e com a posse de bole o ataque evoluia com Marshal Lynch. Russel Wilson acertou passe para Jermaine Kearse que anotou mais um TD fazendo 36 a 0. OS Broncos conseguiram sair do 0 no final do terceiro quarto com um TD de Thomas e a conversão de 2 pontos de Welker. 36 a 8. Mas Wilson controlou bem o jogo, sem precisar arriscar muito e mesmo assim ainda conseguiu bons passes até Baldwin completar mais um TD fechando o placar em 43 a 8. Muita festa em Seattle e para o Seahawks que montou um time com jogadores veteranos e renegados e também jogadores jovens como o quaterback Russel Wilson que está apenas na sua segunda temporada. A Franquia conta também com o jogador Breno Giacomini que é filho de brasileiros. Peyton Manning teve a chance de ser o primeiro quaterback a conquistar o Super Bowl por duas equipes diferentes, chegou a sua segunda derrota em Super Bowl. Ele tem uma conquista com os Colts em 2006. Seu irmão mais novo Eli, apesar de ser reconhecidamente menos talentoso, conquistou o Super Bowl em duas ocasiões.
Agora vamos esperar a próxima temporada que começa em setembro!!!


segunda-feira, 27 de janeiro de 2014


SUPER BOWL

Já que nós gostamos de assistir aos grandes eventos esportivos e também falar sobre eles, não podemos deixar de falar sobre o Super Bowl.

Eu acompanho desde 1991 o Super Bowl que é considerado pelos americanos o maior evento esportivo da Terra. Não sei se é mesmo o maior, mais certamente está entre os maiores. Acho que podemos classificar os quatro maiores eventos esportivos do planeta, sem colocá-los em ordem. São eles a Copa do Mundo da FIFA, as Olimpíadas, a final da UEFA Champions League e o Super Bowl. É preciso ressaltar que ao Super Bowl e a Final da UCL são jogos únicos, enquanto a Copa do Mundo e as Olimpíadas temos vários eventos dentro de um mês, a cada quatro anos.

Bem, no dia 02 de fevereiro de 2014 o Super Bowl XLVIII será realizado no Met Life Stadium em Nova York. O estádio é aberto e há previsão de muita neve e muito frio por lá. O inverno está muito rigoroso na terra do Tio Sam.
Seattle Seahawks e Denver Broncos disputarão o título da temporada.

Além de um mega evento esportivo, que no intervalo contará com o show de Bruno Mars e Red Hot Chilly Pepers, o Super Bowl é um gigantesco negócio que movimenta muitos milhares de dólares. Cada 30 segundos de comercial custam 4 milhões de dólares. E as gigantescas corporações investem para que os publicitários criem os anúncios que marcaram época na TV.
Sabemos que o esporte é um grande negócio, mas gostaria de destacar que eu consigo visualizar que na NFL e em muitas outras ligas (NBA, UCL etc) ainda existe uma separação entre negócios e competição. A competição ocorre no palco, ou seja, no campo, ou na quadra e ela é tão importante quanto o negócio, pois afinal ela (a competição) é a origem do negócio!
Infelizmente, temos visualizado no nosso querido Soccer (no Brasil e em outras ligas), que os negócios e também a formação e bajulação das massas de manobra, estão se sobrepondo ao essencial de uma competição, que é a disputa, o confronto dentro dos campos, onde quem é melhor ou está mais preparado deve vencer.

E falando do jogo, que é o mais importante, temos o Seattle Seahawks que fez uma grande temporada, chega pela segunda vez ao Super Bowl. Em 2005 eles perderam a decisão para os Sttelers por 21 a 10. Russel Wilson e Marshal Linch são os destaques do time.
Do outro lado o Denver Broncos com Payton Manning volta ao Super Bowl depois de 15 anos. Eles venceram em 1998 derrotando o Green Bay Packers por 31 a 24 e em 1999 venceram o Atlanta Falcons por 34 a 19.
A temperatura vai estar gelada, mas o espetáculo e principalmente o jogo serão quentes.
Então não percam o Super Bowl XLVIII dia 02 de fevereiro!!



Bolo de Casa


BOLO DE CASA


Aquele bolinho caseiro saboroso que a mamãe ensinou!!
Receita simples e fácil de fazer.
Ótima opção para variar no café da manhã e da tarde!

Ingredientes
  • 4 Xícaras de Trigo
  • 250ml de Leite
  • 3 Ovos
  • 3 Colheres de Manteiga
  • 4 Colheres de Sopa de Adoçante em Pó para forno e fogão
  • 50 gramas de Côco Ralado sem açúcar
  • 1 Colher de Sopa de Fermento em Pó
  • 1 Colher de Chá de Essência de Baunilha
  • 1 Pitada de Sal

Modo de Fazer

  • Bater a manteiga com o trigo, o adoçante e os ovos. Acrescente o leite e a baunilha aos poucos.
  • Misture o côco ralado, o sal e o fermento.
  • Coloque em uma forma untada.
  • Asse em forno baixo (180ºC) por aproximadamente 40 minutos.

Mousse de Pêssego Diet



 MOUSSE DE PÊSSEGO DIET

Receita muito saborosa, fácil de fazer com ingredientes simples. Ótima opção para sobremesa do final de semana.

Ingredientes
  • 1 Lata de Pêssego em Calda Diet
  • 1 Lata de Creme de Leite
  • 1 Embalagem de Gelatina Sem Sabor - Incolor
  • ½ Copo de Água Quente
  • 3 Colheres de Sopa de Adoçante em Pó para Forno e Fogão
  • 1 Colher de Chá de Essência de Baunilha

Modo de Fazer
  • Corte os pêssegos, deixando 3 pedaços maiores para decorar
  • Dissolva a gelatina na água quente.
  • Misture o pêssego cortado com a calda na gelatina.
  • Deixe na geladeira por 20 minutos
  • Retire da geladeira e misture com o creme de leite e o adoçante
  • Coloque os pedaços de pêssegos separados por cima e deixe na geladeira para firmar.
Rende 6 porções.
Cada porção tem cerca de 140 calorias.
Possui Baixo conteúdo de colesterol e gorduras.

Por: Leonardo Domingos da Silveira